Socorro Neri tem candidatura homologa por sete partidos

A prefeita Socorro Neri (PSB-AC), acompanhada do governador Gladson Cameli, dos deputados Alan Rick (DEM-AC) e Vanda Milani (Solidariedade-AC), demonstraram a unidade de sete partidos na disputa da prefeitura da Capital. A aliança contará com o apoio de PSB, PDT, PV, Democratas, Solidariedade, Podemos e PROS.

De ultima hora, momentos antes da convenção, o PC do B ficou de fora do grupo de apoio a Socorro.

“Quero comunicar que o PCdoB não faz mais parte da nossa aliança”, declarou Socorro Neri,  durante a coletiva, mas evitou dar detalhes.

Questionada pelos jornalistas que faziam a cobertura do evento, sobre os motivos da ruptura à véspera da convenção suprapartidária, a prefeita alegou questões pessoais. “Decidimos que no pleito deste ano não contaremos com o PCdoB no mesmo palanque”, resumiu a pré-candidata que concorre à reeleição que demonstrava incomodada com as indagações.

 Em seguida, o governador Gladson Cameli (sem partido) revelou que a decisão da saída do partido comunista não teve o seu dedo político.

“Eu não tenho nada haver com isso, pois não interferi nem mesmo no meu ex-partido”, declarou Cameli.  Destacou que não houve queda de braço e que tinha conversado muito com Socorro Neri.  Chagaram ao entendimento que precisam fazer diferente no pleito deste ano, mas declarou que não tem nada contra a legenda, capitaneada pelo deputado Edivaldo Magalhães.

“A nossa missão e nosso desafio é mostrar à população riobranquense que podemos continuar o trabalho que estamos fazendo em prol de Rio Branco que é melhorar a vida das pessoas”, declarou.