Tião Bocalom espera conseguir até 70% dos votos no domingo

O candidato Tião Bocalom afirmou ontem que tem a expectativa de conquistar 70% dos votos válidos neste domingo.

Bocalom diz que. por onde passa nos bairros da capital acreana, a população manifesta o desejo de mudança na administração da prefeitura. Destacou que, na última pesquisa do Ibope, os dados apontaram que deve ampliar a sua votação em comparação com o primeiro turno. “Acho que chegou a hora da oposição governar Rio Branco, porque há 16 anos que esse grupo administra o nosso município”, declarou.

Bocalom revelou que pretende cumprir o orçamento de um bilhão reais que está previsto para o Executivo no próximo ano, mas não descarta a hipótese de fazer alguns remanejamentos com apoio da nova legislatura da Casa. Disse que não pretende interferir na escolha da nova mesa diretora da Câmara Municipal, porque não tem nenhuma pretensão de manter uma relação promíscua entre Executivo e Legislativo como era uma prática bastante comum das gestões passadas.” Queremos uma Casa totalmente independente como manda a lei, que os vereadores fiscalizem as nossas ações e que façam as suas indicações que possamos cuidar do povo rio-branquense”, prometeu.

Cobrança – O progressista informou que pretende montar sua equipe técnica e política no decorrer do próximo mês, para que possa fazer “uma das melhores gestões de uma capital do país”. Afirmou que em Rio Branco a saúde está um caos, o transporte coletivo precário e há necessidade de melhoria da malha viária nos bairros que tem percorrido durante a campanha. “Temos muitas coisas para fazer nos primeiros meses de gestão, mas vamos trabalhar em todas as áreas apontadas como prioridade pela população acreana”, afirmou.

Bocalom ainda fez um apelo à Justiça Eleitoral para pôr mais veículos para o transporte dos eleitores da zona rural. Contou que os representantes do Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR) reclamaram da falta de veículos para o transporte dos eleitores no primeiro turno. “A abstenção chegou em torno de 50% na zona rural. Queremos que a Justiça Eleitoral recrute mais veículos para o fim de semana, porque recursos para transporte dos eleitores estão previstos no orçamento das Zonas Eleitorais”, finalizou o candidato progressista.

Apoio da família e manifestação da filha Luciana dá mais confiança a Bocalom

Quem conhece o candidato a prefeito Tião Bocalom sabe o quanto a família é importante para ele. A esposa Beth Bocalom que sempre foi a miss de sua vida, as netas Isabela, Aninha e Maria Rita, o Genro Josivam e sua princesa, a filha Luciana. Dessa veio a frase que mexeu com o velho Boca e que é a esperança hoje da população de Rio Branco: “Pai, foi Deus quem deixou para o senhor ganhar no segundo turno das eleições, para o senhor poder dar o grito de vitória que está preso na garganta tua e do povo de Rio Branco há 14 anos e que sempre acreditou no Produzir Para Empregar, junto com este povo que te ama muito!” Luciana, que também já disse “Vai lá pai e ajuda aquele povo porque é a vontade da mamãe” talvez nem tenha se apercebido do quanto essas palavras acalmaram o pai dela e milhares de pessoas que estão com o grito de liberdade econômica e financeira preso na garganta.

“Quando o Bocalom me falou que a Luciana havia dito isso, concordei de imediato com ela. Por causa da Covid-19, nosso velho guerreiro viu a festa do primeiro turno isolado em casa, mas com as Graças de Deus e do povo rio-branquense, na noite do dia 29 de Novembro, ele estará na praça, com o povo, comemorando a Vitória nas eleições” disse o fiel escudeiro de Bocalom, Valtim.

Bocalom está totalmente recuperado da Covid-19, não ficou com sequelas e já está em campo, fazendo sua parte para que a profecia da filha se cumpra. “Realmente as palavras de minha filha Luciana foram alentadoras. Eu, realmente quero estar na praça comemorando a vitória de um projeto que já venho defendendo há tanto tempo que é o de “Produzir para Empregar. Se Deus quiser, eu e a Marfisa, juntos com nossos senadores, deputados federais e a equipe que será montada, vamos fazer de Rio Branco a melhor Capital do país. Nosso povo pode ficar tranquilo, nós vamos cuidar muito bem de Rio Branco” garantiu Bocalom. “Mas não podemos esquecer de ir às urnas dia 29 para votar no 11. A vitória só estará completa com o resultado favorável nas eleições” completou.