TST abre concurso com 132 vagas para juiz; 5 para Rondônia e Acre


publicidade

O edital do I Concurso Público para ingresso na carreira da Magistratura do Trabalho do Tribunal Superior do Trabalho – TST, foi publicado na edição do Diário Oficial da União desta quinta-feira, 29.

Com o objetivo de prover cargos de Juiz do Trabalho Substituto nos Tribunais Regionais do Trabalho, os interessados devem ter pelo menos três anos de atividade jurídica exercida após a obtenção do grau de bacharel em Direito.

As inscrições preliminares poderão ser realizadas pela internet a partir das 10h do dia 4 de julho de 2017 até às 14h de 2 de agosto de 2017, pelo site da Fundação Carlos Chagas – FCC.

CLIQUE AQUI PARA CONFERIR O EDITAL

Para confirmar a participação no certame, os candidatos devem efetuar o pagamento da Guia de Recolhimento da União – GRU, no valor de R$ 275,00.

No total serão 132 vagas, sendo que dentro deste quantitativo, há vagas reservadas para pessoas que se enquadrem no itens especificados no edital. O valor do subsídio do cargo de Juiz do Trabalho Substituto na Justiça do Trabalho, é de R$ 27.500,17.

Este Concurso Público será realizado em cinco etapas sendo a primeira composta de Prova Objetiva, a segunda de Provas Escritas Discursivas e Prática consistente em elaboração de uma sentença trabalhista, a terceira etapa será de com as seguintes fases, inscrição definitiva, exame de sanidade física e mental, sindicância da vida pregressa e investigação social; a quarta etapa será de Prova Oral e a quina de Avaliação de Títulos.

A primeira etapa será realizada na data prevista de 8 de outubro de 2017 nas cidades-sede dos Tribunais Regionais do Trabalho, Rio de Janeiro – RJ, São Paulo – SP, Belo Horizonte – MG, Porto Alegre – RS, Salvador – BA, Recife – PE, Fortaleza – CE, Belém – PA, Curitiba – PR, Brasília – DF, Manaus – AM, Florianópolis – SC, João Pessoa – PB, Porto Velho – RO, Campinas – SP, São Luis – MA, Vitória – ES, Goiânia – GO, Maceió – AL, Aracaju – SE, Natal – RN, Teresina – PI, Cuiabá – MT e Campo Grande – MS.

Vale ressaltar que após as etapas de classifcação os aprovados deverão participar de Curso de Formação Inicial, a realizar-se em Brasília, consoante calendário e orientações emanados da Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados do Trabalho – ENAMAT

Com validade de dois anos, contados da publicação da lista definitiva dos candidatos aprovados, este Concurso Público pode ser prorrogado uma vez por igual período. Com informações Rondônia Agora.