Ultradireita acreana conquista 14 prefeituras

Os partidos conservadores conquistaram 14 prefeituras acreanas, enquanto as forças progressistas apenas sete prefeituras, conforme o resultado das eleições deste ano. O Progressista emplacou o prefeito em dois municípios acreanos, inclusive garantiu a reeleição de mais dois prefeitos e caminha para conquistar o principal colégio eleitoral do estado com a candidatura de Tião Bocalom para a prefeitura no segundo turno.

Afinal de contas, o ex-vice-prefeito de Cruzeiro do Sul, Zequinha Lima (Progressistas), conquistou 18.766 votos para administrar o segundo maior colégio eleitoral do Acre, enquanto a candidata Rosana Gomes (Progressistas) teve 4.428 dos votos válidos na eleição de Senador Guiomard. O prefeito Kiefer Cavalcante (Progressistas), obteve 8.368 votos para continuar governando o município de Feijó no Vale do Envira, enquanto o prefeito de Porto Acre Bené Damasceno (Progressistas), foi reeleito, com 5.415 votos.

Em contrapartida, o MDB emplacou o prefeito de Porto Walter, Cesar Andrade (MDB), com 3.411 votos, inclusive o prefeito de Acrelândia Olavinho (MDB), que teve 2.638 dos votos válidos. Além de garantir a reeleição do prefeito de Sena Madureira, Mazinho Serafim (MDB), que conquistou 12.183 votos válidos para administrar o município do Vale do Yaco, o prefeito de Marechal Thaumaturgo Isaac Piyako (MDB), que teve 4.521 votos válidos e de Manuel Urbano, Tanízo Sá (MDB), que ficou com 3.082 votos.

O Partido dos Trabalhadores reconquistou a prefeitura de Assis Brasil, com o candidato Jerry (PT), que conquistou 1.484 votos válidos, manteve a prefeitura de Brasileia, Xapuri e Mâncio Lima. A prefeita de Brasileira Fernanda Hassem (PT), foi reeleita com 7.571 dos votos válidos, enquanto o prefeito de Xapuri, Bira Vasconcelos (PT), conquistou 3.815 votos no pleito do último domingo e o prefeito de Mâncio Lima, Isaac Lima (PT), conquistou 3.960 votos.

Os pedetistas emplacaram a prefeita de Tarauacá, Maria Lucinéia (PDT), com 5.461 dos votos válidos, o ex-prefeito Padeiro que teve 3.386 votos, no município do Bujari e o prefeito do Jordão, Naudo Ribeiro (PDT) que obteve 1.264 votos válidos. O DEM conquistou a prefeitura de Capixaba, com a eleição de Manoel Maia (DEM) que teve 2.627 votos válidos.

Em Plácido de Castro, o candidato Camilo da Silva (PSD), conquistou 3.838 votos, enquanto em Epitaciolândia o Delegado Sérgio Lopes (PSDB), venceu com 3.984 votos e em Rodrigues Alves, o candidato Jailson Amorim (PROS), com 5.977 votos válidos.